Brasileirinho - PrincipalBoletim de hoje * Mande Notícias!

 

Agência de Notícias Brasileirinho

Boletim de 2/9/08

MÚSICAS DE NOEL ROSA
NA VOZ DE GRANDES CANTORES

Retomamos nesta segunda, 1 de setembro, a inclusão na Rádio Brasileirinho - Noel Rosa compositor de fonogramas de músicas de Noel Rosa que se encontram em domínio público. Iniciada em 6 de julho, com a íntegra da obra de Noel gravada até 1937 por Almirante e Aracy de Almeida, a disponibilização deste acervo foi interrompida por problemas técnicos, já resolvidos. Aos poucos, iremos colocando no ar os 113 fonogramas que consagraram Noel Rosa como um compositor genial ainda em vida.

O lote de 17 músicas publicado ontem reúne os cantores Canuto, João Petra de Barros, Orlando Silva, Paulo Netto de Freitas e Sílvio Caldas. Todos eles gravaram de 2 a 6 músicas do Poeta da Vila - ou seja, mesmo não tendo se dedicado ao repertório de Noel com a mesma freqüência dos já citados Almirante e Aracy de Almeida ou ainda Francisco Alves, Mário Reis e o próprio Noel, também não foram intérpretes ocasionais, de apenas uma gravação.

Todas as músicas foram gravadas entre 1931 e 1937. Entre elas, estão alguns clássicos da música popular brasileira, como "Até Amanhã", na gravação original de João Petra de Barros, e "Pastorinhas" (Noel - João de Barro), com Sílvio Caldas. Em relação a esta, aliás, uma curiosidade: a publicação desta semana inclui a primeira versão de "Pastorinhas", intitulada "Linda Pequena" e gravada por João Petra em 1934, não chegou a fazer sucesso no carnaval. Também há grandes sucessos como "Dama do Cabaré", na primorosa voz de Orlando Silva.

Ouvidos mais atentos poderão detectar uma semelhança melódica entre a introdução de "Sorrindo Sempre" (Noel Rosa - Gradim - Ismael Silva - Francisco Alves), gravada por João Petra, com a passagem de orquestra de "Pela Primeira Vez" (Noel Rosa - Cristóvão de Alencar), interpretada por Orlando - como Noel é o único autor presente em ambas, é bem provável que nestes casos ele não tenha sido apenas o letrista, como geralmente se considera.

As gravações de Paulo Netto de Freitas revelam outras facetas pouco divulgadas de Noel. A primeira delas é uma canção sertaneja, "Sinhá Ritinha" (Noel, então integrante do Bando de Tangarás, participa da gravação acompanhando Paulo Netto); a outra é um tango, "Pesado Treze", paródia de "El Penado 14".

Completando o lote, duas gravações de Canuto, cantor e ritmista, que interpreta os sambas "Esquecer e Perdoar", dele e de Noel, e "Eu Agora Fiquei Mal", parceria de Noel com Antenor Gargalhada, histórico sambista do Salgueiro. Canuto morreu em 27 de novembro de 1932, portanto pouco mais de um ano após o lançamento deste disco.

O próximo lote será dedicado às músicas de Noel Rosa lançadas por Francisco Alves.

(Fabio Gomes/ Agência de Notícias Brasileirinho)

Copyright © 2008. É proibida a reprodução total ou parcial
do conteúdo do Brasileirinho para fins comerciais