Brasileirinho - PrincipalMisture e Mande

Arquivo

Mistura e Manda

Nº 128 - 6/2/2006

MAIS LIDOS EM JANEIRO

1) Roberto Carlos e a Religião - 885
2) Dicas de 5/2/04 - 659
3) O Virtual no Carnaval - 651
4) Carnaval, Samba e Comunicação no Morro da Mangueira - 524
5) Palco - 476
6) Bachianas Brasileiras - 452
7) Palco - As Loucuras de um Pierrô Apaixonado - 388
8) Dicas - 353
9) O Trabalho na Música Popular Brasileira - 329
10) Festas de Arromba do Samba - 326

Obs: em número de acessos

Novidades no Brasileirinho

Publicamos no sábadio, 4, artigo de Luís Nassif A Presença de Radamés Gnattali, a propósito da pouca repercussão na mídia do centenário do maestro, que ocorreu em 27 de janeiro.

(Fabio Gomes)

***

"Uma Canção Desnaturada"

No artigo A Malandragem Estrutural - que integra o livro Chico Buarque do Brasil (Garamond, 2004) -, Arturo Gouveia analisa a peça Ópera do Malandro, dedicando três páginas ao tema "As diferenças entre o livro e o disco". Chama-lhe a atenção que a música "Uma Canção Desnaturada", que qualifica como "uma das mais acabadas realizações de Chico Buarque", não figure no livro, o que a seu ver conferiria "um valor de vantagem ao disco".

Não havia, entretanto, como a letra dessa canção ter sido incluída no livro, que saiu em 1978 pela editora Cultura. "Uma Canção Desnaturada" - assim como "Hino de Duran" - foi composta especialmente para a montagem da peça em São Paulo em 1979. Nesse mesmo ano, as duas músicas figuraram na gravação da trilha sonora da peça em álbum duplo pela PolyGram: "Hino de Duran" com Chico acompanhado pelo grupo A Cor do Som e "Uma Canção Desnaturada" reunindo os vocais de Chico com a veterana Marlene.

(F.G.)

Copyright © 2006. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo do Brasileirinho para fins comerciais.