Brasileirinho - PrincipalMisture e Mande

Arquivo

Mistura e Manda

Nº 157 - 17/3/2007

Novidades no Brasileirinho

Nesta primeira quinzena, publicamos dois textos do jornalista Marcelo Xavier. Dia 7, entrou no ar Gente da Antiga, sobre o disco que o fenomenal trio Pixinguinha, João da Baiana e Clementina de Jesus gravou em 1968.

Já no dia 13, foi a vez de Pelo Telefone, 90 Anos, falando da música que foi o primeiro samba de sucesso no carnaval carioca - sucesso tão marcante que durante muito tempo se acreditou que este samba teria sido o primeiro a ser gravado, ou mesmo composto.

(Fabio Gomes)

* * *

Vídeos do Projeto Brasileirinho

Uma grande novidade também, sem dúvida, é a publicação dos vídeos do Projeto Brasileirinho, que registram a culminância do Projeto, ou seja, a apresentação no dia 21 de setembro de 2005 dos trabalhos que os alunos do Colégio Estadual Vicente Jannuzzi (Rio de Janeiro) fizeram inspirados no CD Brasileirinho, e a entrevista que a professora Vânia Corrêa Pinto e três de seus alunos gravaram com Maria Bethânia nos estúdios da Biscoito Fino uma semana depois. Há também depoimentos da profª Vânia e da diretora do Colégio, Suely Caravana.

Você vai observar que há várias possibilidades para assistir o vídeo, cada uma com suas vantagens específicas:

- a 1ª seria ver na própria página do menu dos vídeos. O tamanho da tela ali é bem pequeno, mas foi assim que se tornou possível incluir todos na mesma página. A idéia foi facilitar que você localize o vídeo que quer assistir.

- a 2ª é abrir o vídeo em uma nova página. Ali você vê o vídeo no tamanho padrão do You Tube e tem informações mais detalhadas sobre o conteúdo do filme.

- a 3ª é ver o vídeo no próprio You Tube. Lá você pode ler o que outros internautas comentaram e fazer seu próprio comentário - e, fala sério, só ali tem a opção de ver o vídeo em tela inteira que é tudo-de-bom.

Escolha a melhor opção pra você e boa sessão!

(F. G.)

Copyright © 2007. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo do Brasileirinho para fins comerciais.