Brasileirinho - PrincipalMisture e Mande

Arquivo

Mistura e Manda

Nº 178 - 8/2/2008

Recife anuncia vencedores do Carnaval

A comissão organizadora do Carnaval Multicultural do Recife divulgou na tarde de quinta, 7, os vencedores deste ano. Um diferencial da festa na capital pernambucana é a grande diversidade de modalidades premiadas, em oposição à concentração de foco em escolas de samba que se verifica nas capitais do Sudeste e do Sul do país.

Houve ao menos um momento de grande emoção na cerimônia. Foi quando a presidente da Gigante do Samba, dona Sara, sntiu-se mal após ouvir o anúncio de que a escola vencera o Grupo Especial, após nove anos sem títulos. Dona Sara precisou ser acudida por sambistas da Bomba do Hemetério, bairro onde a escola tem sede.

Os campeões do Grupo Especial desfilam no sábado, 9, a partir das 19h, no Pólo das Agremiações (Av. Nossa Senhora do Carmo, Santo Antônio).

Conheça os vencedores:

Grupo Especial: Boi - 1º) Boi Faceiro; 2º) Boi Estrela

Urso - 1º) Urso Cangas (Água Fria); 2º) Urso Branco do Zé

Troça - 1º) Troça Carnavalesca Mista Tô Chegando Agora; 2º) Troça Carnavalesca Mista Abanadores (Arruda)

Clube de Frevo - 1º) Clube Carnavalesco Misto Bola de Ouro; 2º) Clube Carnavalesco Misto Pavão Misterioso

Clube de Boneco - 1º) Clube de Bonecos Seu Malaquias; 2º) Clube de Bonecos Tadeu no Frevo

Bloco de Pau e Corda - 1º) Bloco Carnavalesco Misto Madeira do Rosarinho; 2º) Bloco Carnavalesco Misto Banhistas do Pina

Caboclinho - 1º) Kapinawá; 2º) Cahetés de Goiana

Maracatu de Baque Solto - 1º) Cruzeiro do Forte; 2º) Ouro (Aliança)

Maracatu de Baque Virado - empatados em 1º lugar, Nação Estrela Brilhante e Nação Porto Rico; 2º) Leão da Campina;

Escola de Samba - 1º) G.R.E.S. Gigante do Samba (Bomba do Hemetério); 2º) G.R.E.S. Galeria do Ritmo (Morro da Conceição).

No Grupo Especial, os campeões receberam R$ 10 mil e os vices R$ 5 mil, com exceção dos Bois e Ursos (respectivamente, R$ 5 mil e R$ 2,5 mil).

Grupo 1

Boi - 1º) Boi Malabá (Água Fria); 2º) Boi Cara Branca (Limoeiro)

Urso - 1º) Urso Texaco (Água Fria); 2º) Urso Branco do Zé

Troça - 1º) Batutas de Água Fria; 2º) Teimoso em Folia (Mustardinha)

Clube de Frevo - 1º) Lenhadores (Mustardinha); 2º) Arrasta Tudo

Clube de Boneco - 1º) Tô a fim (Pina); 2º) Linguarudo (Ouro Preto)

Bloco de Pau e Corda - 1º) Com você no coração (Engenho do Meio); 2º) Pirilampos (Tejipió)

Caboclinho - 1º) Tupã (Alto José do Pinho); 2º) União Sete Flechas (Goiana)

Maracatu de Baque Solto - 1º) Leão Vencedor (Carpina); 2º) Estrela Dourada (Buenos Aires)

Maracatu de Baque Virado - 1º) Cambinda Estrela (Recife); 2º) Aurora Africana (Jaboatão dos Guararapes)

Escola de Samba - 1º) Unidos de São Carlos (Afogados); Imperiais do Ritmo (Coelhos)

Tribo - 1º) Tupi Guarany (Águas Compridas); 2º) Tupinambá (Beberibe)

Neste grupo, as categorias Índio, Urso e Boi premiam os vencedores com R$ 2.500 e os vices com R$ 1.250.

Grupo 2

Boi - 1º) Boi Malabá (Água Fria); 2º) Boi Cara Branca (Limoeiro)

Urso - 1º) Urso Texaco (Água Fria); 2º) Urso Branco do Zé

Troça - 1º) Camisa Velha (Cordeiro); 2º) Flores do Meu Bairro

Clube de Frevo - 1º) Maracangalha (Ibura); 2º) Vassourinhas (Afogados)

Clube de Boneco - 1º) Tô a fim (Pina); 2º) Linguarudo (Ouro Preto)

Bloco de Pau e Corda - 1º) Lira da Noite; 2º) Mandarim na Folia

Caboclinho - 1º) Tapuia Canindé; 2º) Carijós (Camaragibe)

Maracatu de Baque Solto - 1º) Pavão Dourado (Tracunhaém); 2º) Leão de Ouro (Condado)

Maracatu de Baque Virado - 1º) Oxum Mirim; 2º) Nação Tupinambá

Escola de Samba - 1º) Preto Velho (Olinda); 2º) Queridos da Mangueira (Mangueira)

No Grupo 2, as premiações são de R$ 2 mil para os campeões e R$ 1 mil para os vices.

(Fabio Gomes)

***

Chame-Chame: feliz estréia no Carnaval de BH

Nós da CHAME-CHAME estamos muito felizes por termos alcançado o 2º lugar, por 1,2 pontos de diferença, no carnaval de Belo Horizonte. Com uma equipe fantástica, mas totalmente inexperiente, conseguimos ficar à frente de todas as tradicionais escolas de samba da cidade. A escola de samba campeã em 2008, GRES Acadêmicos de Venda Nova, que desfilou pelo 4º ano consecutivo, portanto sendo também uma novata, mereceu o título porque fez um desfile tecnicamente perfeito.

Particularmente me sinto feliz e honrado por ter debutado como carnavalesco na CHAME-CHAME. Como diretor de bateria atingi a minha 19ª nota 10, ajudado por ritmistas maravilhosos, muitos formados dentro da nossa comunidade. Lutamos muito, recebemos o carinho do público e da imprensa, enfim, a CHAME-CHAME é hoje um marco em nossa cidade. Muito obrigado a todos que nos ajudaram.

Obrigado, meu Deus, pela honra e a glória de ter nascido sambista.

(Mestre Affonso)

***

Sarau no Hospital na Alemanha

Em 2006, o violonista Daniel Wolff criou em Porto Alegre o Sarau no Hospital, em que estudantes de música fazem recitais para pacientes. Morando agora em Berlim, conseguiu implantar no Hospital Elisabeth Klinik projeto semelhante, denominado Musik im Krankenhaus (Música no Hospital).

Coordenado por Daniel e o professor Michael Betzner, da Universität der Künste, a versão alemã do projeto atende também idosos residentes no setor de geriatria do hospital.

Lá, como aqui, a idéia é proporcionar alegria a estas pessoas, além de desenvolver o senso de responsabilidade social dos estudantes.

(F.G.)

***

Mangueira tem Embaixador-Mirim em Pernambuco

O estudante Evandro José da Silva, 13 anos, residente em Paudalho – município da Mata Norte de Pernambuco, seria apenas mais um adolescente em meio a tantos outros de sua idade, se não fosse por um pequeno detalhe que faz a diferença: é o Embaixador-Mirim da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira – a mais querida agremiação do carnaval brasileiro.

Para sua alegria, Evandro conheceu sua escola de samba do coração, na segunda-feira de Carnaval, dia 4, como convidado do prefeito João Paulo, no camarote do Marco Zero, onde assistiu à apresentação especial da verde-e-rosa que desfilara na noite anterior no Sambódromo do Rio de Janeiro. Em função do título de Embaixador-Mirim, o estudante tem feito palestras em escolas divulgando a Mangueira.

O título de Embaixador-Mirim da Mangueira lhe foi outorgado pelo então presidente da agremiação, Percival Pires, no dia 10 de agosto de 2007. O dirigente acatou a sugestão do vice-presidente do Departamento Cultural da escola, Guerra Peixe, que havia recebido um e-mail que Evandro enviara solicitando autorização para fazer em sua escola uma palestra sobre a Mangueira, por ser “muito fã”.

Depois de vários e-mails trocados, com muita emoção de parte a parte, a direção da escola decidiu agraciá-lo com o título de Embaixador-Mirim do Grêmio Recreativo Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira pois, conforme definiiu Guerra Peixe, "Assim, vestindo de corpo e alma nossa camisa, ele está pronto para continuar divulgando nossa história, não só em Paudalho e em Pernambuco, mas por onde mais passar."

(Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Recife - edição Fabio Gomes)

Copyright © 2008. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo do Brasileirinho para fins comerciais.