Brasileirinho - Principal

Voltar ao Menu - Artigos

APRENDER COM PRAZER - O SAMBA NO ENSINO

Por Leandro Vasconcelos

 

Certa vez, enquanto aprendia a cantar o samba "Exaltação a Tiradentes" - autoria de Mano Décio da Viola, Estanislau Silva e Penteado, compositores de prestígio do Império Serrano - percebi que a música, além de ser um elemento cultural, pode também servir como recurso no ensino.

O samba conta o fato histórico que foi a Inconfidência Mineira de um modo fantástico. "Joaquim José da Silva Xavier/ Morreu a 21 de abril/ Pela independência do Brasil/ Foi traído e não traiu jamais/ A inconfidência de Minas Gerais". No entanto, após cantá-lo por, no máximo três vezes, já sabia de cor e salteado o sucedido da história, isso porque a musicalidade realmente facilita a compreensão dos fatos.

O que um professor levaria no mínimo duas aulas para que os alunos se interessassem pelo assunto e prestassem atenção, aprendi em minutos e aprendi satisfeito. Daí surgiu a reflexão: "Se eu soubesse este samba na época do colégio, certamente minhas notas em História seriam bem melhores".

Imaginemos este recurso sendo utilizado por professores do ensino fundamental, o samba nas aulas de Português, Geografia e até Ciências. Aprender Gramática e História por meio das letras de música. Será que o resultado seria positivo, ou a sala de aula se transformaria num carnaval?

"Exaltação a Tiradentes" é apenas um entre inúmeros outros sambas que tratam a Hhistória como tema principal. Podemos encontrar canções que abordam desde a descoberta do Brasil até o nascimento da cidade de São Paulo.

Num de seus discos João Nogueira destaca a luta dos índios do Xingu, noutro Padeirinho exalta a popularidade de Getúlio Vargas; Candeia, por exemplo, gravou um samba que falava sobre o rei D. João VI.

Os assuntos utilitários ao ensino fundamental são encontrados, em suma, nos sambas-enredos anteriores à década de 70, quando o carnaval ainda tinha sambas cadenciados.

A partir do tema proposto pela escola de samba, o compositor tratava de construir e moldar sua obra musical, a ponto dela se destacar entre as outras e vencer, porém não supunha que um dia seu samba poderia servir como instrumento de ensino a outras gerações, e assim contribuir com a educação do país.

Copyright © 2006. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo do Brasileirinho para fins comerciais