Voltar ao Menu - Entrevistas

 

RÁDIO ESMERALDA (1)
Adriana Marques e Simone Rasslan contam a Fabio Gomes o nascimento do espetáculo
(2000)

Por Fabio Gomes

 

ADRIANA – Dentro da Rádio Esmeralda, acontece o programa “Amor de Parceria” que era já um projeto meu e da Simone, onde nós falávamos um pouco do universo feminino, do nosso próprio universo, e dos relacionamentos da mulher ao longo da sua vida. E caiu como uma luva dentro da Rádio Esmeralda, porque o programa “Amor de Parceria” é dedicado às mulheres.

SIMONE – O Amor de Parceria era um show com repertório vasto, com várias músicas, essencialmente brasileiras, mas que todas tinham no seu discurso interno a fala feminina e aí foi muito legal, porque a gente pegou esse repertório, que já existia, e grudamos, enquadramos na programação da Rádio Esmeralda.

FABIO – É, inclusive no Amor de Parceria, o show, havia uma parte em que vocês tinham uma secretária eletrônica com gravações, e eu identifico uma correspondência disso nos telefonemas que vocês recebem.

A - É, exatamente.

S – É, e isso foi sem querer, no fim. Porque a gente fez o Amor de Parceria e o Hique (Gomes) não tinha visto nunca aquilo lá. A gente fez uma vez, sem ele saber que a gente tava fazendo aquilo ali. Depois ele nos convidou para fazer uma apresentação no Tangos e Tragédias, e a gente fez, e a partir daquela apresentação ele se ofereceu pra fazer a direção do que a gente já tinha em mãos, que era o Amor de Parceria, que era esse show que já tinha uma secretária eletrônica no palco, tinha toda uma história de recados...

A – Foi um casamento. Na verdade, a impressão que se tem é que nosso pensamento já tava meio sintonizado. Ele tinha uma boa idéia, nós tínhamos já um projeto em andamento, que casou muito bem.

Copyright © 2003. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo do Brasileirinho para fins comerciais